top of page
Post: Blog2_Post
  • Foto do escritorAdriana Ferreira

Incentivo a leitura no Brasil — Como descobrir o tipo de leitura que eu gosto?

Atualizado: 21 de dez. de 2023

Dicas para quem quer criar o hábito da leitura por prazer, livre de pressões, preconceitos ou estereótipos.

 banner-raizes-incentivo-a-leitura-no-brasil-como-descobrir-o-livro-que-eu-gosto

Incentivo a leitura no Brasil — Como descobrir o tipo de leitura que eu gosto?


Criar o hábito da leitura para muitos ainda é um desafio. Há os que nem tentam, por achar que livros são muito difíceis, entediantes ou apenas os vinculam aos estudos — obrigatórios — do tempo da escola.


Os que já tentaram e gostaram, por vezes não conseguem manter na rotina, uma vez que se prendem a preocupações que nada tem — ou não deveriam ter — relação com a leitura:

  1. metas — porque só é leitor quem lê x livros por mês;

  2. tipo de livros que lê: porque só é leitor quem lê clássicos ou obras de escritores referência. Autoajuda? Quadrinhos? Romances leves? Não, isso não vale;

  3. Estereótipo do leitor intelectual: ler é coisa de gente muito inteligente, estudiosa — vulgo nerd ou CDF. Logo, ler não é pra mim, não tenho esse perfil.

Tudo besteira.


Impeditivos reais

Ler é pra qualquer um, não há e não deveria haver distinções quanto a isso.

A única coisa capaz de impedir o início de uma leitura é não saber ler — realidade de muitos brasileiros ainda hoje — e não ter acesso a livros — também uma situação que aflige significativa parcela da sociedade.


Questões políticas sérias, que impedem o desenvolvimento pleno da nossa sociedade, somando-se a necessidades básicas não atendidas como saúde, emprego e segurança.


Agora, se você faz parte do grupo que conseguiu aprender a ler e gostaria de desenvolver esse hábito, mas não tem conseguido, trago algumas dicas bem simples — mais eficazes.


Vontade de começar

Importante primeiro desmistificar o assunto, o processo é simples — ou deveria ser: tenha um assunto de interesse, encontre um livro sobre ele — seja emprestado, seja grátis na internet, seja comprando — e comece a leitura.


Talvez as primeiras tentativas exijam um esforço maior de foco e concentração, fundamentado numa verdadeira intenção de ler. E pra isso acontecer, será necessário se afastar das telas e estar em um ambiente que favoreça essa concentração.


Se você não tem o hábito de ler, é mais difícil começar na sala com a TV ligada…


Mas, sabe o que faz a leitura fluir e você esquecer o que está acontecendo à sua volta, te transportando para outro plano em que você só quer continuar a ler e saber o que acontecerá na história? Ler sobre algo que você gosta!


Para a leitura ser realmente prazerosa e interessante, tem que ser sobre algo que gostamos e não sobre temas considerados “importantes” ou livros clássicos — por vezes os únicos considerados verdadeira literatura.


Romance, suspense, fantasia, quadrinhos, reportagens, crônicas, poesias, biografias — a lista de possibilidades é infinita. Não tem certo ou errado. A única coisa que importa é ser bom, envolvente e interessante para você.



Como descobrir o que gosto

Pensar sobre qual tipo de filme ou série gostamos, pode ser o primeiro passo para começar a experimentar, buscando leituras do mesmo gênero.


Outro caminho é pensar na sua personalidade: é mais agitado, gosta de aventuras e fortes emoções? — obras de ação, suspense, investigação podem ser interessantes para você.


É mais sensível, gosta de refletir, questionar, pensar sobre o sentido da vida, das emoções e relações? — Poesia, poemas, obras filosóficas ou sobre espiritualidade de uma forma geral.


Ler sobre temas que você tem curiosidade também pode ser uma boa. Quer aprender mais sobre história? Sobre música? Sobre culinária? Certamente há livros sobre esses temas.


Da mesma forma, as biografias são uma excelente alternativa. Através delas dá para conhecer aquela personalidade que você admira e acompanha — num clima meio fofoquinha, mas direto da fonte!


As alternativas são tantas, certamente alguma fará mais sentido pra você.

O primeiro passo é experimentar.


Teste final

Se a leitura fluir, te prendendo e dando vontade de continuar, é a escolha certa para você.

Se isso não acontecer, talvez seja melhor trocar o livro. Sem dó, abandone e parta pra próxima tentativa.


Há casos que somos obrigados a ler — para o trabalho, escola, faculdade, etc. — e aí gostando ou não precisamos insistir e ir até o final da leitura. Mas, aqui, estamos falando de leitura por prazer, por entretenimento, e essa tem que ser algo que simplesmente te agrade.


Lembre-se: se forçar a ler algo que não fluiu pra você, só vai transformar o ato de ler em algo chato e te desestimular a continuar lendo.


Leitura chata é a leitura sobre algo que não te interessa, não te atrai, e por isso não precisa ser feita.


Vá com calma

E por fim, sugiro que no início, ao invés de comprar livros, você pegue emprestado com amigos ou bibliotecas. Evite gastar e acumular livros que você ainda não sabe se gosta, isso só servirá para aumentar sua ansiedade e pressão sobre o processo de leitura.


Agora é importante: se pegar emprestado, cuide bem do livro e não esqueça de devolver!


Espero que essas dicas cheguem a quem realmente está interessado em começar e estimule de alguma forma que você dê esses primeiros passos…. Vamos juntos!



 
foto-escritora-dri-ferreira-blog-raizes

Obrigada por ler! 🤓

Espero que tenha gostado e se inspirado a continuar lendo a série.

📨 Se quiser acompanhar as novidades do blog, se inscreva em nossa newsletter, é grátis.

🔗 Se quiser compartilhar esse texto com amigos, use os botões abaixo e leve-o para sua rede social preferida.

Nos vemos no próximo texto 🥰



89 visualizações0 comentário
bottom of page