top of page
Post: Blog2_Post
  • Foto do escritorAdriana Ferreira

Lista de Livros… Sobre Chás

Atualizado: 22 de dez. de 2023

Um pouco sobre minha trajetória com o chá e dicas de livros introdutórios sobre o tema. Pega seu chá e vem ler!

banner-raizes-lista-delivros-sobre-chas

Se você, assim como eu, ama um cházinho vem conhecer essa Lista de Livros… Sobre Chás.


Desde pequena bebo chá.

Na época, essa bebida reconfortante me era oferecida por seu benefício medicinal: um cházinho pra dor no estômago, pra recuperar de uma gripe e por aí vai. Normalmente, era preparado com ervas que tínhamos no pátio de casa. Sem falar, claro, do chimarrão, bebida tradicional aqui no Sul.


Uma prova desse início de relação com o chá é esse trabalho da escola que fiz na terceira série do fundamental. O objetivo era pesquisarmos sobre algo do nosso interesse e eu decidi fazer meu álbum de chás:

Colhi plantas, colei nas páginas e ao lado indiquei os benefícios: “Bom para dor de estômago”, simples assim. Ai ai como era bom ser criança!


Anos mais tarde, já adulta, durante viagens de trabalho, tive a oportunidade de conhecer algumas lojas de chá — algo que não existia na cidade em que nasci e cresci — e o encantamento foi imediato.


Nessas visitas descobri que na infância sempre bebi infusões e não chá, que é feito exclusivamente da planta Camellia sinensis. Por curiosidade comecei a pesquisar sobre essa planta, sua origem, suas diferentes formas de apresentação e descobri um universo vasto e muito interessante.


Nessa caminhada, procurei por cursos que pudessem me dar um conhecimento mais formal e assim encontrei a Escola de Chá Embahú. Comecei a acompanhar seus conteúdos pelas redes sociais e site, e depois de um longo namoro, fiz o primeiro curso que me deu base e iniciou uma relação que duram alguns anos.


Além de seguir aprendendo muito através da Escola de Chá, também conheci outros profissionais apaixonados pela Camellia, passei a acompanhar seus trabalhos e assim fui expandindo meus conhecimentos sobre a bebida. Sendo o ponto alto desse processo, meu trabalho na organização e comunicação de um evento nacional que nasceu para propagar a cultura do chá aqui no Brasil.


O evento se chama Semana da Cultura do Chá no Brasil e você pode conhecer mais sobre ele aqui no site ou em seu perfil do Instagram. Foi trabalhando no evento que minha relação com a comunidade do chá se consolidou e meu respeito por ele e por tantos profissionais incríveis fortaleceu.


Hoje minha relação com a bebida é mais profunda e intensa. Além de continuar adorando beber chá, por seu aroma, sabor e aconchego, agora tenho ainda mais admiração por essa bebida que há milhões de anos atravessa países e transforma culturas, acumulando significados e criando tradições.



Prova disso é o Dia Internacional do Chá — comemorado em 21 de maio. A data é oficializada pela FAO (@fao), uma organização da ONU, reconhecendo a relevância socioeconômica do chá e sua contribuição para a agenda 2030 da ONU.


Criada na Índia, em 2005, para demandar melhores condições de trabalho para os produtores de chá, a data era inicialmente comemorada em 15 de dezembro. Mas, alterou-se para 21 de maio, por ser um mês representativo em que vários produtores começam as primeiras colheitas de Camellia sinensis.


Desde a formalização da data, anualmente a FAO reúne líderes globais produtores de chá para debater pautas pertinentes ao setor, como produção, o consumo e o comércio sustentáveis ​​de chá. Você pode saber mais aqui.


Já aqui no Raízes, para marcar essa data tão importante e especial, uni meu amor por chás e leitura e criei, com muito carinho, essa pequena lista de livros sobre o tema.


Pensei em títulos que fossem introdutórios, interessantes e acessíveis para quem quer iniciar os estudos do chá. Espero que gostem!


Viagem ao mundo do chá traz uma apresentação geral da bebida em seu país de origem — a China — e os principais países produtores ao redor do mundo. Abordando questões culturais, lendas, mitologias e história, o conteúdo é baseado em pesquisas e vivências da escritora. Tem resenha dele aqui.


Outro livro introdutório sobre o chá, que fala sobre sua origem, produção e consumo em diversos países, é o Chá Rituais e Benefícios. Há também capítulos dedicados à relação do chá com o bem-estar e saúde, modos de preparo e receitas que harmonizam com a bebida.

Entretanto, essa obra não está em prosa, trata-se de um livro de belas fotografias com texto complementar, que além de trazer informações sobre o chá são um deleite para os olhos.


Focado na cerimônia do chá japonês, esse título foi escrito na década de 80 visando divulgar essa prática no Ocidente. Com sua primeira edição publicada em inglês ele constrói uma imagem do Japão daquela época, explorando seus aspectos culturais, tradições e princípios.


Com uma escrita poética e informativa, O Livro do Chá traz aspectos históricos, simbólicos e espirituais que compõem a cerimônia e a tornam uma filosofia de vida. Nos dando clareza do seu significado e importância na cultura japonesa, bem como a seriedade com que é tratada, praticada e ensinada de geração em geração.


Tudo que torna a cerimônia do chá muito mais do que o simples preparo de chá, mas um ritual de celebração, comunhão e honra.


Esse pequeno livro foi um achado numa viagem recente que fiz à Lisboa. O texto resgata os registros de João Rodrigues, um missionário português que trabalhou em campanhas jesuíticas pela Ásia. Os vários anos de permanência na região, especialmente no Japão, lhe renderam o papel de tradutor e com isso, passou a conviver entre governantes e comerciantes.


Essas vivências eram registradas com o intuito de tornarem-se um livro sobre a missão jesuítica nos países asiáticos, uma obra que se planejava grandiosa mas que nunca foi concluída. Anos depois, trechos desses escritos foram encontrados e reunidos em publicações distintas, como esse pequeno livro que, na verdade, trata-se de capítulos da obra maior, dedicados à arte do chá.


Neles, João descreve a relação de chineses e japoneses com a bebida por volta de 1600. Ele explica o que viu e aprendeu sobre como escolher e preparar bons chás, os costumes que envolviam seu consumo, convites e cerimônias. Uma aula de história e cultura do chá em uma época em que a bebida ainda não havia conquistado o mundo.


Obras belas e interessantes para quem deseja iniciar seus estudos sobre essa bebida maravilhosa. Agora é só preparar seu chá e partir para a leitura!


Adquirindo os livros na Amazon pelos links aqui do artigo, você nos ajuda com uma pequena porcentagem.

 
foto-escritora-dri-ferreira-blog-raizes

Obrigada por ler! 🤓

Espero que tenha gostado e se inspirado a ler o livro.

📨 Se quiser acompanhar as novidades do blog, se inscreva em nossa newsletter, é grátis.

🔗 Se quiser compartilhar esse texto com amigos, use os botões abaixo e leve-o para sua rede social preferida.

Nos vemos no próximo texto 🥰



47 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page